O CONTRATO DE VESTING - 10.12818/P.0304-2340.2016v69p183

Fabrício Vasconcelos de Oliveira, Amanda Maia Ramalho

Resumo


RESUMO

O presente artigo tem por objetivo examinar minuciosamente o contrato de vesting, bem como a sua natureza jurídica, através da análise de seu conceito e reciprocidade, o modelo societário mais adequado para a implementação deste tipo de contrato, formas de aquisições de ações e questões referents a saída dos sócios. Será proposta também a possibilidade da aplicação deste tipo de contrato no cenário das start ups. Tratou-se, portanto, de classificar como modalidade contratual distinta, adequar sua aplicação ao cenário das start ups e, ainda, das relações societárias possíveis de se perfazer no bojo desse tipo de contrato e como as mesmas se desfariam. Nesse sentido, objetiva-se deixar clara a natureza jurídica desta modalidade contratual, sua aplicação e indicar sua melhor utilização para evitar possíveis litígios no que se refere a quebra do affectio societatis, possibilitando a sua existência jurídica da maneira mais adequada ao plano fático.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN Eletrônico: 1984-1841

ISSN Impresso: 0304-2340